Policial federal morto por PM em quiosque na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro; caso está sendo investigado.




Policial federal é morto por policial militar em quiosque da Barra da Tijuca

Policial federal é morto por policial militar em quiosque da Barra da Tijuca

No último domingo (17), um trágico incidente chocou a Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, quando o policial federal Francisco Elionezimo Braga Oliveira, 38 anos, foi morto por um policial militar em um quiosque da região. O caso está sendo investigado pelas autoridades, gerando comoção e dúvidas sobre as circunstâncias que levaram a essa fatalidade.

De acordo com informações da Polícia Militar, uma equipe do 31º batalhão, localizado no Recreio dos Bandeirantes, recebeu um chamado informando que um homem estaria armado e ameaçando as pessoas no quiosque. Ao chegarem no local, os policiais se depararam com Francisco, que teria sido abordado e, segundo a PM, teria ameaçado um dos policiais com a arma em punho. Em resposta, o policial militar atirou, atingindo fatalmente o policial federal e ferindo uma mulher que o acompanhava.

A vítima não resistiu aos ferimentos, enquanto a mulher ferida foi levada ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, também na Barra da Tijuca, para receber atendimento médico. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital, que busca esclarecer os fatos e as responsabilidades no ocorrido. A Corregedoria da Polícia Militar também foi acionada e recolheu as imagens das câmeras corporais da equipe para análise, visando a apuração dos detalhes do incidente.

O trágico episódio envolvendo agentes da lei levanta questões sobre a segurança e a conduta das forças policiais, gerando debates sobre os protocolos de atuação em situações de risco. Enquanto aguardamos mais informações sobre as investigações em andamento, a população e as autoridades clamam por respostas e medidas que evitem que tragédias como essa se repitam no futuro.


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo